quinta-feira, 3 de maio de 2012

canetinhas

nada de extraordinário aconteceu
as manhãs continuaram cinzentas
os meio-dias com sol rachando
as tardes com céu rosado e fresco
a noite com lua enchendo
e eu me derramando em silêncios
e me enchendo de silêncios
mais angustiantes que qualquer fala
- talvez por isso a indiferença seja tão certeira e fatal-
nada de extraordinário aconteceu
só a vida toda que eu deixei pra trás...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

deixa tua marca