terça-feira, 24 de abril de 2012

quero o calor do mar
o frio distante do sol
a luz do escuro luar
quero a contradição das estrelas
pesadíssimas
mas flutuando no ar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

deixa tua marca