quarta-feira, 3 de novembro de 2010

de fora

... pra dentro.

quis que você me encontrasse em qualquer ponto da estrada
fosse no meio ou no começo
fosse daqui a seis meses ou agora
na norte-américa ou na américa latina
na rússia ou na argentina
falando tcheco ou inglês
espanhol ou tudo de uma vez
quis que voce me encontrasse até na china
num plaza hotel ou na hospedagem da esquina
eu com um laço na cabeça
e voce com nada além de cabelos bagunçados
eu seria mais do mesmo
e voce me acharia engraçada
e eu continuo querendo que a gente se encontre
em qualquer ponto ou virgula da estrada

Um comentário:

  1. A profundidade como que você escreve as palavras cheio de paradoxos e mistérios.
    Me encanta textos assim.

    PARABÈNS!

    ResponderExcluir

deixa tua marca