terça-feira, 3 de agosto de 2010

pagando os impostos

nada a declarar:
nada que tive é o que tenho
não tenho adeus pra dizer
não tenho saudações a fazer
não tenho de fato nada a declarar
não há soluções
não há problema
não há nada de nada
não há eu e nem você
não há nada a ouvir
ou nada a dizer
não há pronomes possessivos
não há nós
que nos prendam um ao outro
me emancipei há meses
me encontrei há meses
sem nada a dizer
não tenho mal
também não tenho bem
não tenho nada que me faça declarar
que faça eu (me) declarar
apenas o silêncio
que é de ouro
e minha ausência
de platina.

3 comentários:

deixa tua marca