sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

boom

não consigo esperar ou adiar tanto
enquanto eu escondo a embriguez
correr em círculos
não termina a jornada
não consigo mais procastinar
não há dias ensolarados
eu começo a vacilar
meu coração desmancha quando voce se derrama no copo
eu me indefino quando tu sorri
não é simples
quando tu sorri não é facil
todos os meus problemas parecem desmanchar
e amanhã vai ser outro dia...

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. amanhã sempre é um dia seguinte, a idéia é transforma-lo em outro.

    ResponderExcluir

deixa tua marca