terça-feira, 3 de novembro de 2009


ela se situou dentro do cômodo 2x2, em pé na cama enquanto ela ainda não era convidativa outra vez, olhando pela janelinha. a rua estava domingo, vazia. um pé na cama e o outro de volta à realidade, ela pensou.

ele a abraçou por trás. ei, não é engraçado como às vezes a gente tem que olhar pra fora pra ver a realidade? ela disse ainda olhando o lado de fora. porque? ele perguntou de volta. porque voce é bom demais pra ser verdade, ela respondeu ainda olhando pra fora. inevitavelmente domingo. eu sou real, ele disse.


e eles caíram na cama depois de cair na real.

2 comentários:

deixa tua marca