domingo, 11 de outubro de 2009

química


'que foi?', ele perguntou. 'nada', ela escondeu o rosto pequeno entre os dedos. é que os olhos etéreos se condensaram ao esbarrar nele.

era tudo básico agora - e isso silenciou suas palavras ácidas. mas as cores continuavam vivas...

3 comentários:

  1. Reação, fusão, imaginação, tudo isso surge do coração.

    ResponderExcluir
  2. Ela sente a sua presença
    Mesmo estando só em casa
    Não há no que pensar
    Ele fala e se convence
    Que o amor é química
    E pode controlar

    Mas como ela está tão linda!
    Acho que não vou me segurar
    Se eu escuto a sua voz doce
    Esqueço até como pensar
    E não insistem

    ResponderExcluir

deixa tua marca