sábado, 10 de outubro de 2009

i believe


uma onda de amor invadiu a cidade. as flores rosas espalhadas pelo chão, pelos galhos, pelos vasos. os ipês amarelos e as chuvas torrenciais. os telefones calados aprendiam a falar e mesmo os dedos já falavam a essa altura: toda forma de expressão era pouca pra demonstrar desejo. as músicas perdiam seu sentido quando tocadas a todo volume - don't call me rock steady, call me cold heartbreaker breaking just for fun, yeah! - era tudo fantasia de carnaval. os cabelos rosa dele me lembraram que mesmo os durões às vezes têm de acreditar nessa coisa chamada amor.

3 comentários:

deixa tua marca