segunda-feira, 8 de junho de 2009

asfixia


'... é uma vela. numa redoma de vidro. (...) mas podia ter um mundo todo...'
e, não sei ao certo, se foram as palavras ou o abraço que comoveram meu entorpecimento de meio mês, mas nessa tarde eu certamente tive medo de ser transparente o suficiente para me tornar invisível.

Um comentário:

  1. Mesmo invisível. É só seguir o calor. (enquanto ainda há combustão)

    ResponderExcluir

deixa tua marca