quarta-feira, 27 de maio de 2009

eis a questão

antes minha vida tinha o aroma da primeira brisa noturna, hoje tem gosto amanhecer nublado. lembro vagamente dos dias de verão, lembro vagamente do gosto de álcool na boca ao acordar, lembro vagamente de quem eu costumava ser ao seu lado. pelo menos lembro ainda. mas nem sei se sou capaz de amar ou se é voce que é muito amável. não gosto desse teu olhar novo de desconforto, de desencontro. não gosto e pronto.

mas ainda gosto muito de voce, embora voce acredite que meus pronomes são pra outra pessoa.


3 comentários:

  1. Com o tempo as coisas mudam, e tudo o que viveste, nuns momentos queres votar a repetilos, e noutros queres por e simplesmente esquecelos.
    Isso é normal, coisas da vida.
    Adorei no textinho.
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Bela narrativa. Sempre bom passar aqui Juju

    ResponderExcluir

deixa tua marca