segunda-feira, 6 de abril de 2009

l'amour


'quando falo de amor' ela disse baixinho no ouvido dele 'falo daquele amor afogado no fundo dos meus olhos, aquele que de alguma maneira me ancora no mundo real. não significa verdade, e também não quer dizer que sou uma mentirosa. mas quer dizer que de alguma forma toda vez que você olhar nos meus olhos, você vai ter de considerar uma distorção. coisa da física.'

e, com os grandes lagos negros quase transbordando sobre ele, soube-se apenas que ele mergulhou. só não se sabe se ele sabia nadar.

Um comentário:

deixa tua marca