sexta-feira, 10 de abril de 2009

interna


aqueles eram os famosos dias que não voltam mais, que dentro de alguns muitos anos seriam o insumo da nostalgia 'ah, os bons tempos que não voltam mais'. naquela noite, entre aquelas paredes - e também fora delas - o silêncio fugia pelas brechas que o anoitecer tinha deixado, junto com a enchurrada de risadas abafadas que preenchiam aquele espaço enorme entre o infinito e elas, fazendo até a lua parecer mais perto, ao alcance dos dedos quase. aquela amizade era maior que o tempo, maior que o espaço:


'aos dias que não voltam mais, quando aprendi que o que se faz é passado e o que fica é futuro, que as feridas se vão e as cicatrizes ficam, que a juventude se vai e a experiência, que é maior que as rugas, fica. um brinde às passagens só de ida, que nos levam para aquele lugarzinho chamado sempre sem abraço de despedida. acima de tudo um brinde aos homens, que vêm e vão, porque vocês, minhas grandes amigas, vocês sempre ficam.'

Um comentário:

  1. tin tin!!
    à nossa amizade,tão importante pra mim!

    lindo,lindo,lindo post!

    ResponderExcluir

deixa tua marca