quarta-feira, 25 de março de 2009

a noite não é mais

(a mesma...)

ela morreu dentro de uns braços assim sem carinho, fagocitada por uma obrigação
tragada por conveniência
como se fosse um ultimo gole de bebida quente, no fim da noite
'me dá um beijo de despedida que a noite vai ser longa'
parece que essa noite é mais longa que toda a sua vida

a cinza do cigarro que vai nevando em seu cabelo,
embora ela nem fume
compra mais um dia por um pouquinho dessa bebida
'meu bem, eu devo minha sanidade a um homem só' ela dizia
'o nome dele é johnnie walker, e tem 8 anos.'

a noite agora solitária, a insônia agora sonolenta
te digo baby, que ela está um pouco mais perto da morte
um pouco mais perto do sul, um pouco mais longe do norte
'voce nao me deve nada'
foi a ultima coisa que se ouviu
antes que ela transbordasse.

2 comentários:

  1. Tua escrita tá bem mudada. e pra melhor (:

    ResponderExcluir
  2. é bom ter blog por conta disso.. tu acompanha o teu crescimento, tanto 'aqui dentro' quanto 'lá fora'.. apesar de uma coisa ser consequência da outra, é bom registrar tudo isso e depois de um tempo voltar a ler o que já foi escrito e pensar 'nossa..como eu cresci de lá pra cá..'

    ResponderExcluir

deixa tua marca