terça-feira, 17 de março de 2009

da burrice


comentou-se por aqueles dias que ela precisava de ajuda, logo ela, que nunca precisou de ninguém. "sim, eu quero ficar bem e renunciar ao prazer de colocar isso em um papel." ela respondeu às pessoas que a cercavam. "mas antes eu quero ter a maior agonia do mundo que um amor qualquer pode causar. antes que todos voces me anestesiem, antes que eu deixe de ser humana. eu quero o sofrimento pra que a cura tenha um gostinho mais doce..."

Um comentário:

  1. sábia decisão!!!!

    a queda-livre do amor sempre vale a pela e nunca mata.

    beijos, honey

    MM.

    ResponderExcluir

deixa tua marca