sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

hard rock life style.


era quase meia-noite, adentrei minha casa me sentindo meio-a-meio, acendi o forno para assar um consolo em forma de pizza que não durou meia hora. um filme qualquer me acompanhou por mais uns instantes no sofá, mas na cama quem me esperava era a velha conhecida insônia... com um par de fones de ouvido que cantarolavam aquelas canções de madrugada, love songs. isso me irritou como o diabo, pelo menos aquela noite!


coloquei um velho cd para tocar e fui pega de surpresa por lembranças que eu já tinha enterrado: um velho retrato, nossos rostos novos e bêbados de excitação, a camisa preferida dele. meus cabelos ainda pretos, o olho carregado de maquiagem, a boca pintada com um batom rosa choque, uma corrente prateada no pescoço. ele com meus óculos escuros, uma barba esquisita, os cabelos bagunçados que eu insistia em tentar arrumar irremediavelmente. ambos fazendo um biquinho que dava a impressão de que o retrato havia sido tirado nos anos 80.


levantei depressa da cama, tropeçando nos meus sapatos espalhados pelo quarto, tropeçando nas memórias. percebi que eram quase 3 e meia, eu havia repetido a música por mais de 2 horas, singing along. acordei sem nem mesmo dormir e isso me deixou acordada por mais de 24 horas...


e que viesse mais 24. mas eu não queria nunca mais 17 ou 80.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

deixa tua marca