sábado, 7 de fevereiro de 2009

falling in love (is so hard on the knees)


de repente vi minha chance ali no meio da rua, e ela estava de mãos dadas com outra pessoa. pensei se seria possível me perder mais do que já estava perdida. e concluí que sempre. senti minha boca tremer, o coração acelerando, não quis olhar-lhe nos olhos.


e pensei que se eu estava brincando nos trilhos, devia considerar sempre o risco de ser atropelada.


Um comentário:

deixa tua marca