sábado, 28 de fevereiro de 2009

desejo


o sol logo apareceria, o sono não. coloquei o velho cd do pink floyd para me despertar do sono que sequer dormi, que sequer bocejei. 'you are young and life is long and there is time to kill today; and then one day you find ten years have got behind you'

e um relogio qualquer da casa despertou também, fazendo com que eu recolhesse meu leito do chão e me colocasse na cama. vi o azul clarear devagarinho, se misturar com o amarelo. pensei 'Deus existe e é um impressionista!', senti vida pulsando nas veias que há tempos estavam vazias, nem lembrei que havia teto no meu quarto, nem lembrei que havia outras pessoas em minha casa, me permiti uma dança comigo mesma na minha cama às 6 da manhã. as guitarras pareciam mais harmoniosas que nunca, todo som fazia sentido, tudo estava em seu lugar, até eu.

eu realmente desejava que aquela noite fosse eterna, com o steven tyler cantando ao meu ouvido minha musica favorita, com o samba do avião e todas as bossas novas mais velhas que meu pai que sempre me emocionavam. eu realmente desejei, mas já era dia e não dava mais pra ver as estrelas cadentes...

Um comentário:

deixa tua marca