sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

longe,


ela olhou os grandes olhos castanhos dele ali, sem piscar um momento. percebeu que ele olhava para algum lugar onde ela nunca poderia ir ou estar, e pela primeira vez ela foi grande de verdade. ela pensou em tudo que ela aprendera, em tudo que ela vira, em tudo que ela sabia de cor e salteado, era a sua vida ali o tempo todo, e mais nada...
'ei, voce me faz tão bem' ela falou silenciosamente pra si. e sentiu paz de espírito. e de olhar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

deixa tua marca