quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

dá um abraço?



ela andou algumas quadras, tomou um chocolate quente, comeu bombons enquanto admirava a chuva. e quando passou a chuva andou mais algumas quadras, sentou-se entre árvores e viu crianças saltitantes brincando nos parquinhos. sentiu saudade de saltitar também, rindo e comendo chicletes.


'ei menininho, voce nem deve saber falar, né? mas voce deve saber melhor que eu... o que eu faço pra melhorar?' ela olhou pro menino que mal sabia andar e cambeleava ao seu lado admirado com seu cabelo, provavelmente.


o menininho ficou olhando para ela como se ela fosse de outro mundo, e ela era mesmo. esticou-lhe os bracinhos e sacudiu-os. ela sorriu para ele e acariciou-lhe os cabelos loiros. 'dá, dá'


ela ficou pensando na resposta do menininho. já estava a km dali quando a babá explicou-lhe que o menino queria lhe dar um abraço. 'aaaaahn...' e ela abraçou-o de forma displicente, mas percebeu que o menino tinha dado uma ótima resposta.


e ela foi embora pensando que precisava de milhões de abraços, ou pelo menos de um daqueles bem duradouros, ela quis atravessar a vida em abraço(s). mas ficou com vergonha de abrir os braços e pedir.


sobre a sabedoria infantil, muito mais perspicaz que toda minha inteligencia!

Um comentário:

deixa tua marca