terça-feira, 27 de janeiro de 2009

classificados




'vazia de companhia e cheia de desatento
vazia de nós seguindo um dia tão cinzento
meu bem, não sou eu, com certeza é a noite
ontem uma de tuas categóricas frases me tocou
'logo você, que sempre fugiu do amor'
nas incontáveis insônias diurnas e de vida
ah meu amigo, ontem acordei meio piegas
eu, que sempre meti a cabeça pelas pernas
dessa vez nem tenho mais pé nem cabeça'

'voce está bem?' na verdade ele queria certamente saber se ela estava melhor, por assim dizer. talvez menos mal, já seria um alívio.

'ah, sim... tirando a insônia, mas essa é brother já. e a mania bizarra que brotou do nada esses dias.' ela respondeu, já estava normal pelo visto.

'é, insônia brother.' ele resmungou entre os dentes. 'e a vida?'

'ah, eu ia falar disso. eu não sei, eu tô com tanto medo. voce já me viu com medo? eu nem sei o que vai acontecer! agora eu sei como os velhinhos impotentes se sentem!'

'é, logo voce que sempre fugiu do amor. uma estudante cética de psicologia.'

e entao eu pausei ao cair na cadência dessa frase. voce-que-sempre-fugiu-do-amor. como o diabo da cruz, como o bandido da polícia, como o louco do hospício. cética. meu Deus. aquilo me despertou. ei, eu não sou assim - eu pensei. mas eu era. ou pelo menos estava.

'fugir do amor?'

'é, mas algo me diz que voce vai tropeçar logo logo e ele vai cair em cima de voce com tudo.'

e isso me despertou um medo infernal. 'tudo bem, se estiver na minha agenda.'
'neurotica. voce nao era assim, eu sei. e nem deve ser. mas voce sempre deu uma boa atriz. e... ei! voce nao tem agenda!'

e aquilo me adormeceu. e me despertou mais perturbada do que nunca: se o mundo fosse uma corrida de cavalos, minha vida estava competindo e eu nem estava lá pra ver. todos apostando nela e eu dormindo embaixo de algum viaduto sujo, acreditando que estava falida. acreditando que é bom demais pra ser verdade, que logo o cavalo vai quebrar a perna e é melhor não estar lá pra ver. (...) e por isso eu ia perder toda a diversão? ah, mas não ia mesmo!
.estou chocada, até estou em primeira pessoa


Nenhum comentário:

Postar um comentário

deixa tua marca