sábado, 25 de outubro de 2008

'você não é bonita, sabe? também não é feia. você é ... normal! sem mais profundos traços, parece um daqueles seus desenhos, bem caricatos.

acho que voce deveria parar de comer tantos doces... e também falar menos palavrões. ah, e falar mais baixo - voce fala muito alto, quase grita -e também parar com essas suas gírias estranhas, voce sempre tem disso. e também os neologismos!

ah, e parar com o hard rock. acho brega.

(...)

mas sabe, voce é uma menina muito inteligente! sabe de literatura, conversa sobre qualquer coisa por horas. também aprendeu a tocar coisas sozinha. e escreve músicas -que eu não gosto, mas é fato que voce escreve e isso é dificil - e também conversa disso comigo. não tem uma banda que eu conheça que voce já nao tenha ouvido. e voce gosta de led. e tem uma bota laranja.

é, voce é inteligente, eu queria ser como voce!'

'você é bonito.' ela respondeu, seca.

'é, mas um dia eu vou ser feio. pelo menos voce nunca vai ser burra.' ele retrucou.

'acho que estou o sendo agora.' ela refletia em voz alta.

'... voce é inteligente, pode ter certeza. e eu sei que um dia voce vai brilhar em algum lugar.'



shine on you crazy diamond.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

deixa tua marca